Xeg

Xeg - Susana

rate me

Era sexta-feira a noite como tantas outras

Fui girar com um s�cio para apanhar uma granda toca

Deep Dish som de merda mas com damas bueda loucas

Dois contos de entrada s� com sapato e boa roupa

Eram duas da manh� j� estava com uma ganda tola

Encostado ao balc�o a segurar um whisky cola

Apareceu uma s�cia a apresentar-me uma dama

�Ol� boa noite eu sou o Rui� �ol� eu sou a Susana�

Morena, cor brilhante, corpo bem desenhado

Olhar sufocante, cabelo entran�ado

Yo� h� dicas que nem vale a pena

Hoje n�o vou po grif sem tentar essa morena

Ent�o�ro�a, desliza, provoca, improvisa

Tirei o blus�o, levantei as mangas de camisa

Estava calor, era o dia mais quente do ano

O Dj estava a passar um ragzta que n�o me encanta

Dan��mos bue ca em baixo, at� fazer soar

Perguntei se ela queria ir l� fora apanhar ar

Depois bazei, cinco minutos depois ela chegou

N�o foi preciso inventar, bastou dar a dica do calor

Tipo�beijos a mais, ro�ancos, abra�os

O tempo estava perfeito, s� faltava era o espa�o

Yo boy... hoje era o meu dia de sorte

Acabamos a noite em cima do capot do corte

Passou pra ai uma semana, ligou para o meu 93

�Lembras-te de mim? Sou a Susana, queria te ver outra vez!�

�Claro que lembro dama. Mas combinamos o qu�?

Tass bem, 8.30 no restaurante chin�s�

Pensei �Tenho de me vestir bem se n�o ainda me canho�

Vesti cal�as de ganga, tirei o fato treino

Xeg, de hip hop � o�com cen�rio

Passei no shopping, pus a amostra do perfume mais caro

Cheguei ao local um bocado atrasado

S� para manter aquela lenda �um gajo n�o est� muito interessado�

L� estava ela, com os seus tra�os mesti�os

Peitos arrebitados, at� pareciam posti�os

Cal�as justas ao rabo, l�bios pintados de vermelho

De quem passou, muitas horas em frente ao espelho

�Isso tudo � para mim?� Pensei eu em voz baixa

N�o vejo hora de voltar a comer essa�yo

Estava com fome, a chinoca trouxe o jantar

Convers�mos sobre tudo o que havia para conversar

Ela sabia falar, era educada e simp�tica

Estava a aprender a teoria, uma semana depois da pr�tica

N�o � normal, nunca me tinha acontecido

Era a primeira vez que eu me tinha sucedido

Fez-me sentir especial, senti as dicas verdadeiras

E acab�mos a noite l� no�em Oeiras

Passaram-se para ai 3 meses ou pra ai 2 e tal

Vemo-nos duas vezes por semana, s� para o sexo normal

Senti ela a aproximar-se, a tentar controlar-me

Mas dama que um gajo sente, um gajo n�o foge do seu charme

Tass bem, tass bem.. e essa a dica

Ela � boa, educada, inteligente e bonita

Continuamos mais juntos j� tipo namoro

Foram para ai mais dois meses sem discuss�o nem choro

At� que um dia me ligou, tipo mist�rio

Pelo tom da voz dela, o assunto parecia s�rio

Cheguei la no.. senti que ia haver estrilho

Ela chegou-se ao meu lado e disse �Rui eu tenho um filho�

Eu disse �Fodasse Susana porque � que n�o me disseste nada?

Andamos h� tanto tempo, mas que cena mais marada

N�o percebo dessas dicas, o que � que eu posso fazer?

Eu s� n�o entendo � porque � que tu me andaste a esconder�

�Ah mas isso n�o foi esconder� Ah n�o? Ent�o isso � o qu�?�

�Ah mas ele est� com a av� � E n�o est� contigo porqu�?�

�Achas que eu tenho condi��es� �Eu sei que isso � fodido. E o pai?�

�Anh..esse anda desaparecido!� �Tass bem meu doce!�

�N�o, n�o se ta bem nada� �O que � que foi ent�o?�

�Tenho uma cena mais lixada� �Ai tens? Fala logo, diz ai!�

�Sabes Rui, � que eu estou gr�vida de ti!�

Eu n�o andava bem, nem queria saber de nada

Porque eu achava que ter um filho, era uma cena planeada

Mas o que eu achava mais estranho � que ela n�o estava preocupada

Vi algo que n�o estava bem, no meio desta embrulhada

Um dia fui � casa dela, senti uma dica pura

O people � porta do pr�dio estava a mastigar de surra

Andava desconfiado que algo n�o estava bem

Mas o meu problema � que eu n�o conhecia ningu�m que a conhecesse

E a s�cia que ma apresentou tamb�m apenas a tinha conhecido nesse dia

Se calhar, isto era s� mania.

Eu � que j� n�o tenho idade para truques tipo magia

Um dia por acaso, encontrei l� um s�cio meu

Comecei a conversar e algo estranho aconteceu

Contei-lhe a minha dica e ele come�ou logo a rir

Ele disse que a bacana era famosa em mentir

Disse tudo o que sabia dela que era uma granda quadra

Quando v� algu�m mais querido, faz de tudo e se agarra

Mas eu n�o sou desses, de menino vai levar barra

Vou-lhe mostrar por a mais b que se meteu com a pessoa errada

Telefonei-lhe logo de seguida e disse �Quero falar contigo!�

Fui busca-la de carro e obriguei-a a vir comigo

Passei na farm�cia, comprei o teste de gravidez

Ela recusou-se a fazer e todos sabemos porqu�

�Oh Rui eu amo-te tanto� �O que � que pensas de mim?�

�O que � que se passa amor? Eu nunca te vi assim!�

�Ah..vai-te foder, j� acabou a brincadeira!�

O jogo mudou, agora � � minha maneira

Finge que nunca me conheceste e que nunca me viste

Porque tu para mim, sua vaca tu n�o existes!

Desaparece! Tipo�morreste!

Quando me voltares a ver na rua, finge que nunca me conheceste

Ai oh Susana, porque é que tu és assim?

No fundo eu até curtia de ti

Quiseste-te armar em puta e agora foi o fim!

Ai oh Susana, porque � que tu �s assim?

No fundo eu ate curtia de ti

Quiseste-te armar em puta e agora foi o fim!

Get this song at:  amazon.com  sheetmusicplus.com

Share your thoughts

0 Comments found