Raimundos

Raimundos - Boca De Lata

rate me

Conheci uma garota que era uma louca

Desde pequenininha com o dedo na boca

Depois ficou adulta só queria ser rica

Fez vestibular pra puta, hoje é doutora em pica

Ela mordia, era bom, mas me dava dor

Passava o dente na cabecinha que era um horror

Podi crê, eu sei, você é bonita e tem sempre razão

Mas acho que seu aparelho prendeu minha circulação

Boca de lata

Eu, mas meus amigos, vamos de pé

Ela não foge e feito o Roger eu digo: "eu gosto é de mulher"!

Podi crê, vamo lá que você vai ver, que eu vou mostrar pra você

O que faz seu corpo tremer danada

Chega de diz-que-me-diz que agora que eu sou o juíz

E você é minha escrava e fica tão linda quando faz cara de brava

Mas sossega, nessa lei não tem regra, é lá no esfrega, é só

relax

Vou te namorar sem complexo e lhe aplicar um suplex,

Vou colar que nem durex, veja bem.

Eu sou o homem que Deus colocou no seu destino

Um absorvente latino, que sai latindo feito o cão

Queimando o filme no salão, eu não tô louco não,

Quem sumiu com meu troco vai tomar muito pipoco

Vai tomar bala no côco

Espera, que agora eu me lembrei que tá na hora

De queimar o motora o produto na calcinha vem do sul

Eu que tava lá quando ela viu "Aperte Um Que O Piloto Sumiu"

Saiu voando feito um urubu, é o meu brasão e toda nação da nação

Feito o Júnior é só uma vez, mulek

E não tem volta não, do cangaço a descendência

Do cerrado de nascença

1999 aí e o Gama fazendo presença de 1ª,

Pra esse microfone funcionar tem que botar pilha

Esse é o Raimundos maluco de Brasília.

Get this song at:  amazon.com  sheetmusicplus.com

Share your thoughts

0 Comments found