Ennio Morricone - Barco Abandonado Lyrics

Barco abandonado
Na voz do tempo, na margem do rio
Nesta lonjura
Na voz dos temporais

Anoitece um canto sambrio
Nas pedras deste cais

Há um adeus no meu alhar
Este meu barco prisioneiro
Há-de ser viageiro
No meio do mar

Barco abandonado
Na noite escura, na ronda do vento
Neste silêncio
Na voz dos temporais

Um lamento que a dor esqueceu
Nas sombras deste cais

Há um adeus dito a sorrir
Do céu
Meu amor, ao céu que é meu e teu
Um dia hei-de subir
Se te encontrar
 

Share your thoughts

Comment :
Rating :
comment

(Maximum characters: 100)
You have characters left.